Lisboa: Visite a Fundação Calouste Gulbenkian

Já fomos várias vezes para Lisboa e ficamos, na maioria das vezes, próximos à Fundação Calouste Gulbenkian, mas nunca havíamos visitado o local, talvez pelas inúmeras atrações que a cidade oferece. Desta vez resolvemos visitá-la e fomos surpreendidos pela beleza e qualidade das obras!

Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian

A História da Fundação Calouste Gulbenkian

Foi fundada em 1956 com o objetivo de disseminar a artes, a beneficência, a ciência e a educação. Criada por testamento de Calouste Sarkis Gulbenkian, a Fundação tem caráter perpétuo e tem sede em Lisboa (Portugal) e delegações em Paris (França) e em Londres (Reino Unido).

A Fundação mantém:

  • Museu Calouste Gulbenkian com a coleção de Arte do Fundador
  • Biblioteca de Arte
  • Centro de Arte Moderna –  maior coleção de Arte portuguesa do século XX;
  • Exposições temporárias–
  • Gulbenkian Música –  temporada de música do Coro e Orquestra Gulbenkian
  • Publicações
  • Jardim Gulbenkian –  parque para lazer e atividades educativas
  • Instituto Gulbenkian de Ciência – centro investigação de excelência

Museu Calouste Gulbenkian

Museu da Fundação Calouste Gulbenkian

 

Jardim Gulbenkian 

Fundação com exposições temporárias

Centro de Arte Moderna

Centro de Arte Moderna Calouste Gulbenkian
Centro de Arte Moderna Calouste Gulbenkian

Quem foi Gulbenkian

Calouste Gulbenkian nasceu em Scutari (hoje Üsküdar), Istambul , em 1869. A família afirmava-se descendente dos Príncipes de Rechdouni do século IV e do fidalgo Vart Badrik do século XI. Em 1021, o principado armênio de Vaspourakan ficou sob o jugo do Império Bizantino. Os descendentes de Vart Badrik foram recompensados com muitas propriedades, estabelecendo-se na província de Capadócia.

Em 1892, a “S. & S. Gulbenkian” fazia parte de uma rede de sociedades comerciais com sede em Londres, Marselha, Varna (Bulgária) e outras cidades do Império Otomano.  Em abril de 1942, com a II Guerra Mundial, Gulbenkian procurou abrigo num país neutro, Portugal. O Hotel Aviz, em Lisboa, foi sua casa durante 13 anos. Calouste Gulbenkian morreu em Lisboa em 1955, aos 86 anos. Deixou em testamento a Fundação.

 

Quanto custa

O valor de entrada varia, é separado por museu, mas há exposições grátis também.   O ingresso para um museu custa 5 Euros, e o passe para o dia todo custa 15 euros.  Consulte o site para preços atualizados. Há Wifi em toda a área e o acesso ao Jardim é livre.

 

Acervo

Alguns dos quadros expostos no museu. Só alguns, porque são inúmeros quadros, obras, esculturas, porcelanas, azulejos, etc.

 

Site e links

http://www.gulbenkian.pt/Institucional/pt/Homepage

Av. de Berna, 45A / 1067-001 Lisboa

Telefone: +351 217 823 000

E-mail: [email protected]

VISITE

 

 

Compartilhe esta página..
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Comente pelo Facebook

comentario(s)

Seguir Mari Christine:

Editora

Sou formada em Comunicação e Turismo. Adoro viajar pelo mundo ou através de filmes e livros. Não tenho problema de ir ao mesmo lugar milhões de vezes ou de não sair do hotel. Adoro planejar a próxima viagem!