Atenção! Saiba o que fazer com a chave eletrônica de hotel

Eu sempre gostei das chaves digitais dos hotéis e guardo-as sempre comigo, como souvenirs.  Trago sempre as chaves porque são bonitinhas ou porque esqueci mesmo de devolver mesmo.

Circula na internet que essas chaves contém dados pessoais, número de cartão de crédito do hospede e número dos documentos.  Que é um perigo devolvê-las para o hotel ou perde-las na rua.

Há outros sites que dizem que isso tudo é bobagem e que as únicas informações que realmente estão gravadas na chave magnética que você recebe no hotel são:
• Número do apto
• Data de entrada e saída
• Usuário (funcionário do hotel) que gravou sua chave

Chave digital de hotel

 

A dúvida

Há dois anos atrás, assim que um colega nosso fez o check out em um hotel de São Paulo, eu ouvi na TV e na internet que o hotel havia sido assaltado.  Pela proximidade dos fatos, fiquei muito curiosa e perguntei para a recepcionista o que aconteceu, como foi, o que levaram, etc.  Para minha surpresa ela disse que levaram todas as chaves dos quartos, além de todos os computadores e cheques. Posteriormente foi anunciado que o assalto foi organizado (talvez) por um ex-funcionário que tinha todas as informações do hotel.

Agora fica a dúvida. Os ladrões leram o e-mail “viral” que circulou na internet  ou o cartão realmente contém os dados completos dos hóspedes?

Eu tendo a achar que o cartão grava apenas os dados do apartamento, isso também já foi divulgado em sites de hoteleiros. Não seria prático armazenar no cartão todos os dados já que o hotel  possui um sistema para isso.

Para segurança dos hospedes, um dos hotéis que costumo ficar em Paris possui uma chave digital inteiramente branca, sem logo e sem nome do hotel.   Ideia boa, pois caso alguém perca a chave na rua ninguém saberá a que hotel ela pertence. (A menos que gravem tudo na chave, o que fica meio incongruente.)

Saiba o que fazer

Minha dica é devolver a chave para o hotel para reutilização. É mais ecológico.

Caso fique na dúvida, leva a chave para você, mas guarde-a em local seguro.  Se preferir inutiliza-la, corte o cartão ao meio (tarja magnética) antes de jogar fora.

.

Se você tem certeza dos dados que estão gravados ou tem outra sugestão melhor, envie para a gente.

 

 

 

Compartilhe esta página..
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Comente pelo Facebook

comentario(s)

Seguir Mari Christine:

Editora

Sou formada em Comunicação e Turismo. Adoro viajar pelo mundo ou através de filmes e livros. Não tenho problema de ir ao mesmo lugar milhões de vezes ou de não sair do hotel. Adoro planejar a próxima viagem!