Rússia – As cidades históricas do Anel de Ouro

A excursão pelas cidades do chamado Anel de Ouro da Rússia é um dos passeios mais tradicionais para quem vai a Moscou e quer aproveitar para conhecer um pouco do interior do país.

A região é formada por algumas das cidades mais antigas da Rússia Central, e são também famosas por terem sido palco de importantes eventos históricos. Algumas são cidades pequenas, que parecem ter parado no tempo. Exemplos de tradições e da vida no interior do país.

São cidades com importantes exemplos da arquitetura e da arte russa. Obras da era medieval, clássica e barroca, neoclássica e também da era moderna. Mosteiros, igrejas e fortificações antigas. Um passeio lindíssimo.

As cidades do Anel de Ouro

Há uma lista oficial de oito cidades que compõem o Anel de Ouro, apesar de haver também muita discussão sobre quem faz parte ou não desse legado histórico.

Mas as cidades que mais se destacam são Serguiev Posad, Suzdal e Vladimir. E existem diversas opções de excursões saindo de Moscou para conhecer um pouco dessa história e cultura. Além dessas três a lista inclui Ivanovo, Kostroma, Pereslavl-Zalesskiy, Rostov Veliki e Iaroslavl.

Nós fizemos um tour de dois dias, para conhecer as três cidades principais.

Serguiev-Possad

A cidade de Serguiev-Posad fica a 70 quilômetros de Moscou. Com pouco mais de 110 mil habitantes, Serguiev-Posad cresceu no século 15 ao redor do Mosteiro da Santíssima Trindade de São Sérgio que é o mais importante monastério russo e centro espiritual da Igreja Ortodoxa Russa.

O mosteiro impressiona pela beleza e tamanho. Uma verdadeira fortaleza com destaque para a Catedral da Dormição e suas cúpulas azuis e douradas.

A cidade é também um grande centro da produção artesanal de matryoshkas, as bonequinhas russas de madeira que se abrem e têm outra igual por dentro, até ficarem bem pequenas. Fizemos uma visita e participamos da “produção” de matryoshkas! Um passeio divertido também para quem está viajando com crianças. Pinte sua própria matryoshka. Pode não ter ficado das mais bonitas, mas é uma das melhores lembranças de viagem!

Para saber um pouco mais sobre a história das matryoshkas e dos brinquedos russo, a cidade abriga o Museum of Toys que foi transferido de Moscou em 1931 e abriga uma enorme coleção das tradições da infância russa.

Vladimir

A cidade de Vladimir fica a 180 quilômetros de Serguiev-Posad. Foi a cidade onde dormimos numa simpática pousada, de administração familiar. Muita natureza e um jantar típico com comida russa muito saborosa. O cardápio incluiu a tradicional sopa de borscht (sopa de beterraba) e também o melhor salmão que comi na viagem!

Vladimir foi também uma das capitais medievais da Rússia. A cidade foi fundada em 1108 e hoje conta com uma população de aproximadamente 340 mil habitantes. As duas catedrais do século 12 conservadas na cidade são consideradas as mais perfeitas construções da arquitetura russa de sua época, por isso fazem da cidade um local tão importante no roteiro cultural e histórico da Rússia.

Suzdal

Suzdal é a menor das três cidades visitadas, ainda assim uma graça de cidade. Sede de um importante principado na Idade Média, tem hoje pouco mais de 10 mil habitantes. Mas são inúmeras igrejas e palácios para conhecer, sendo alguns considerados patrimônio mundial pela UNESCO.

O Kremilin de Suzdal, a Igreja de São Lázaro, a Catedral da Transfiguração do Salvador, o Monastério de São Euthymius e a Catedral da Virgem são apenas alguns exemplos.

O passeio em Suzdal talvez seja o mais rico em história e arquitetura. A cidade fica à margem do rio Kamenka, e tem uma história curiosa. Uma das pontes de madeira que dá acesso à parte da cidade onde está situado o museu de arquitetura de madeira é destruída todo ano. Isso porque o rio congela no inverno. Mas depois que o frio intenso vai embora ela é reconstruída novamente.

Uma dica importante, mesmo nos meses de verão na Russia, o interior do país é frio. As temperaturas de noite podem chegar a 10º C, e durante o dia a média histórica não passa de 24º C. Por isso, mesmo viajando no verão não pode faltar um casaco na sua bagagem!

 

Como chegar

Para fazer o passeio pelas cidades do Anel de Ouro o ideal é sempre contratar uma agência especializada de turismo. Não há serviço de trens para as cidades do Anel de Ouro, portanto é preciso fazer a viagem de carro ou de ônibus

Como língua é um limitante para fazer essas viagens sozinhos, pois placas e sinalização estão todas em cirílico, a agência de turismo ajuda muito. Nas cidades menores é mais difícil achar quem fale inglês, mesmo sendo cidades turísticas.

 

Quem faz o passeio

O GetYourguide tem 3 opções de passeios para as cidades do Anel de Ouro, todas partindo de Moscou. Clique aqui e confira.


Se você está planejando sua viagem para Rússia acompanhe as dicas nos posts no blog.

Confira também como ficar conectado durante todo o tempo com o chip da MySimTravel. Clique aqui para detalhes.

E para reservar e consultar os melhores hotéis clique aqui.


Gostou das informações que juntamos para você? Nosso post foi útil para seu planejamento de viagem? 

Então deixe o seu like ou um comentário, a gente gosta muita da interação com o leitor! Sua opinião é muito importante para nós e nos ajuda a melhorar ainda mais o nosso conteúdo!

Acompanhe nossas viagens pelo Instagram @maripelomundo.blog e na nossa página do Facebook Mari Pelo Mundo.

E se você está planejando sua viagem confira nessa página os links dos nossos parceiros e páginas para reservar seus hotéis, alugar carro, pedir seu chip de internet, fazer o seguro de viagem e comprar passagens aéreas. Para roteiros personalizados que detalham dia a dia sua viagem com sugestões dos melhores pontos a serem visitados nos consulte pelo e-mail: [email protected]

Pois cada vez que você contrata um serviço usando os nossos links está ajudando a manter nosso blog. Procuramos sempre trazer novos destinos e experiências vividas por nós que poderão contribuir para que a sua viagem seja ainda melhor.

Compartilhe esta página..
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Comente pelo Facebook

comentario(s)

Seguir Andrea:
Sou publicitária e amo viajar. Um grande objetivo: conhecer ao menos um lugar novo a cada ano. Trago aqui dicas e experiências que tive com essas viagens ao longo do tempo. Alguns lugares agora até se repetem, mas com a diferença de viajar na companhia do filhote pequeno.