Rio de Janeiro tem Visconde de Mauá, Maringá e Vila da Maromba!

A região de Visconde de Mauá está situada em área de proteção ambiental no alto da Serra da Mantiqueira na divisa com o Parque Nacional de Itatiaia.

Cachoeiras, rios, piscinas naturais, trilhas na mata nativa, ar puro, boa comida, hospitalidade e charme nas pousadas e hotéis. Esses são os ingredientes deste lugar bucólico entre Rio e São Paulo, que merece ser visitado e revisitado. A região tem 3 vilas principais: Visconde Mauá, Maringá – que é dividida entre Maringá de Minas e Maringá do Rio e a Vila de Maromba.

E esse post é para falar um pouquinho de cada uma e inspirar o seu próximo final de semana ou feriado! Aproveite!

Mapa tematico da regiao de Visconde de Maua
Mapa tematico da regiao de Visconde de Mauá

 

Quando ir

O turismo da região é a base da economia local, por isso você pode escolher qualquer época do ano. No verão vai poder aproveitar piscina e cachoeiras, pois é bem quente. Mas leve sempre um casaco para as noites mais amenas e bem gostosas.

No inverno faz frio, e o lugar é bastante concorrido para aproveitar lareiras, um bom vinho, fondue e outras delicias da culinária que mistura Minas Gerais, Rio de Janeiro e muitas outras influências.

 

Onde se hospedar

Não faltam opções de pousadas e hotéis charmosos que ficam espalhadas entre as vilas da Maromba, Mauá e Maringá, e também nos vales da região como o Vale das Cruzes, Alcantilado, Pavão e Santa Clara.

Aqui colocamos sugestões de onde já nos hospedamos:

Fazenda Rio das Pedras

A Fazenda Rio das Pedras é muito charmosa. Os chalés são confortáveis, o café da manhã é excelente e  hospitalidade dos donos do local.

 

Fazenda Rio das Pedras
Fazenda Rio das Pedras
 Fazenda Rio das Pedras
Fazenda Rio das Pedras

Chalés do Lago

O nome Pousada Chalés do Lago já descreve seu ambiente. Os chalés estão em volta do lago onde as crianças se divertem alimentando os peixes de manhã. A pousada é bem hospitaleira, e fica próxima da Vila de Maringá, dá até mesmo para fazer uma caminhada até lá.

 Chales do Lago
Chales do Lago

 

Chales do Lago
Chales do Lago

Planeje sua viagem e reserve aqui o seu hotel 

O que fazer

Visconde de Mauá

É a primeira vila das três que você irá encontrar na subida da serra. Uma idílica cidade do interior no meio das montanhas. Ruas de paralelepípedo, a igreja branca na entrada, uma rua principal com restaurantes e comércio. Muita paz e tranquilidade e uma vida que passa longe da correria e stress dos centros urbanos.

Almoce no Gosto com Gosto, de comida mineira e decoração muito agradável.  Fica na avenida principal, não tem como errar!

http://www.gostocomgosto.com.br/

Maringá do Rio

Seguindo mais 5 quilômetros pela RJ-163 você com vai passar por várias pousadas e hotéis fazendas para chegar à Vila de Maringá que é a mais bem estruturada na região e fica entre as outras duas. É aqui que está a Alameda Gastronômica com as principais opções de restaurantes como o Borbulha, Café Maringá, restaurante da Pousada Terra da Luz, além de muitas opções de pousadas. No centrinho da vila também há muitas lojas de artesanato, principalmente artigos esotéricos.

A grande curiosidade da Vila de Maringá fica por conta da sua localização, pois ela é dividida ao meio pelo Rio Preto. De um lado do rio fica Maringá do Estado de Minas Gerais, ou mais conhecida como Maringá de Minas, e a outra parte fica no Estado do Rio de Janeiro.

Ponte sobre o Rio Preto
Ponte sobre o Rio Preto

Em Maringá de Minas a Alameda Gastronômica é um pouco menos movimentada, mas muito charmosa, com ótimos restaurantes como a Pizzaria Casa da Pedra e o Mauro Jr. Também é mais fácil estacionar por aqui.

Dica: Se você estiver hospedado antes de chegar na Vila de Maringá, prefira chegar pelo lado de Minas, estacione o carro e aproveite os dois lados da cidade a pé.

Maromba

A Vila de Maromba é a mais distante, 5 quilometros para cima da Vila de Maringá. Um antigo reduto hippie das décadas de 60 e 70, a vila ainda tem no artesanato local essa influência, e aqui a vida parece mesmo mais calma e mais devagar. O restaurante que fica no final da estrada próximo a Cachoeira do Escorrega faz uma truta muito gostosa.

 Cachoeira do escorrega - Maromba
Cachoeira do escorrega – Maromba

As Cachoeiras

As cachoeiras são uma das grandes atrações na região e a beleza natural dos bosques, das águas e da mata completam o passeio.

Cachoeira do Escorrega – é uma das mais conhecidas da região, fica na Vila de Maromba, e a pedra serve de escorregar natural para os mais corajosos!

Poção da Maromba – é uma piscina natural com cerca de 7 metros de profundidade. É formado pela água de uma cachoeira de 6 metros do Rio Preto e os mais corajosos podem mergulhar de uma pedra de 8 metros!

Cachoeira Véu da Noiva – fica próxima a cachoeira do Escorrega, com uma queda d’água de cerca de 30 metros de altura forma na sua base uma piscina natural.

Cachoeiras
Cachoeiras

Cachoeira da Saudade – Próxima ao Vale do Alcantilado a cachoeira da saudade pode ser visitada por trilhas sinalizadas, além de um mirante a 1800 metros de altitude. No local há estrutura de bar, estacionamento e banheiros. É cobrada taxa de entrada.

Trilhas e caminhadas
Trilhas e caminhadas

Cachoeira de Santa Clara – localizada no Vale de Santa Clara, é uma das maiores quedas d’água da região. Aqui há pratica de rapel e cachoeirismo.

Parque Ecológico Cachoeiras do Santuário – também no Vale de Santa Clara o parque faz divisa com o Parque Nacional do Itatiaia e abre as portas da natureza para o turista. Dentro do Parque Ecologico Cachoeiras do Santuário as trilhas são bem sinalizadas e levam a mais de 10 cachoeiras, mirantes e grutas exóticas. A estrutura do parque ainda conta com alojamento, àrea de camping e estacionamento.

Cachoeira Toca da Raposa – acessível por uma trilha de apenas 300 metros a partir da estrada do Vale de Santa Clara, o local é pura natureza e beleza. Aqui também há uma taxa para entrada.

Trilhas e caminhadas
Trilhas e caminhadas

Vale do Alcantilado

O Vale do Alcantilado e suas cachoeiras estão dentro de uma propriedade particular, mas o acesso é fácil, pois é adaptada para o turismo. Há estrutura de estacionamento, bar e atividades como tirolesa e arborismo para adultos e crianças.

Arborismo no Vale do Alcantilado
Arborismo no Vale do Alcantilado

Como chegar

Visconde de Mauá está a 290 quilômetros de São Paulo pela Rodovia Presidente Dutra (BR-116) ou a Rodovia Ayrton Senna/Carvalho Pinto (SP-70) para entrar na Dutra mais ao norte. O acesso fica no quilometro 311 da Dutra, saída para a RJ-163.

Se você está saindo do Rio de Janeiro, são aproximadamente 170 quilômetros pela via Dutra até o acesso a RJ-163.

Saia da Dutra na RJ-163 em direção a Penedo e siga pela RJ-163 em direção a Visconde Mauá, Maringá e Maromba. São aproximadamente 40 quilômetros de uma belíssima estrada bastante sinuosa!

 


PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO

🏨BOOKING.COM Veja melhores tarifas
📱CHIP INTERNET ILIMITADA em 240 países
🚘ALUGUEL CARRO - cotação com várias empresas
✈️ PASSAGENS aéreas em promoção
🎡Ingressos, tickets, passeios e transfer - cupom: MARIUNIVERSAL.
🚑SEGURO VIAGEM - cotação com várias empresas.
🎫PASSEIOS E EXCURSÕES Get Your Guide
🎟️INGRESSOS PARA JOGOS, SHOWS E TEATRO - mundo todo.

 

Instagram @maripelomundo.blog    Facebook Mari Pelo Mundo

Dúvidas, solicitações e sugestões E-mail: contato@maripelomundo.com.br

Comente pelo Facebook

comentario(s)

Seguir Andrea:
Sou publicitária e amo viajar. Um grande objetivo: conhecer ao menos um lugar novo a cada ano. Trago aqui dicas e experiências que tive com essas viagens ao longo do tempo. Alguns lugares agora até se repetem, mas com a diferença de viajar na companhia do filhote pequeno.