Passeios próximos a Lisboa: Visita à Herdade do Esporão

Liu Portugal e Marcela Miserochi de Portugal para o blog Mari pelo Mundo

Com o final do verão português as atenções mudam de foco. Deixam de ser as praias e passam a ser as vinícolas. É que nesta época, entre o final de agosto e o final de setembro, começa ao período das vindimas, momento especial para aqueles que apreciam ou trabalham com o vinho. A vindima engloba todo o processo desde a colheita (apanha) das uvas até o início da produção de vinho, com a prensagem das uvas. Diversas vinícolas abrem as suas portas, oferecendo diversos programas, que incluem a participação nas vindimas, provas de vinhos, visitas às adegas, e, muitas vezes, também incluem alguma refeição, como almoço ou um lanche à base de queijos e enchidos regionais.

Herdade do Esporão

Este ano o Mari pelo Mundo juntou-se ao blog www.portugalcomgraca.com para uma visita a convite da Herdade do Esporão. Esta herdade está localizada em Reguengos de Monsaraz, a 170 km de Lisboa, sendo, na atualidade, uma das maiores produtoras de vinhos de Portugal. Existe, no coração do Alentejo, desde 1267, mas foi somente em 1986 que o primeiro vinho foi produzido. Contando com uma área de 691 ha, a Herdade do Esporão produz uvas e azeitonas de maneira ecológica que darão origem a deliciosos vinhos e azeites.

A Herdade do Esporão dispõe de diferentes experiencias que podem ser escolhidas pelo visitante. A nossa incluia: uma visita à herdade, passando pelas vinhas e adega; uma prova de vinhos e azeites; e, por último, uma degustação de produtos regionais, acompanhada por vinhos e espumante. Na visita à herdade aprende-se um pouco da história do lugar e também pode-se visitar as áreas de prensagem de uvas, tanto de maneira mecânica, como manual. Depois da prensagem, o material é armazenado para fermentação e posterior engarrafamento. Após a visita segue-se para a degustação de 3 tipos de vinho (branco Defesa, tinto alentejano Esporão Reserva e tinto Douro Quinta dos Murças) e 3 tipos de azeite, produzidos na herdade.

Na programação sazonal das vindimas começa-se o dia a desfrutar de um café de boas vindas, segue-se pela vindima, visita guiada, degustação e finaliza-se o passeio com um almoço. Reserve o programa com antecedência porque é muito concorrido. Nós, infelizmente, não conseguimos participar deste ano.

O espaço conta ainda com um ótimo restaurante, comandado pelo Chef Pedro Pena Bastos, com vista para as vinhas e para a represa. Contra igualmente com uma loja onde se pode comprar os artigos da marca. Muitos destes produtos não são comercializados no mercado comum e apenas podem ser encontrados ali, como é o caso dos vinhos produzidos nas talhas de barro (maneira tradicional romana de produção).

Para completar o passeio, não se esqueça de conhecer o centro histórico da vinícola onde está localizada a torre símbolo de Herdade, presente no logotipo. Nesta área encontra-se a ermida de Nossa Senhora dos Remédios que é ligada, segundo informa o site da Herdade, a intensa devoção popular local, levando as pessoas em procissão quando as chuvas demoram a chegar.

Sobre as autoras do post

Marcela M. Litjens.  Arquiteta e mãe de duas menininhas sapecas. Vivo em Portugal há três anos e, mesmo passeando sempre, acho que nunca irei conhecer todos os lugares incríveis que existem no país.

Liu Portugal, a vivência em outro país me trouxe novas experiências e perspectivas das coisas. Percebi que através do blog posso auxiliar as pessoas que pretendam conhecer, visitar ou até mesmo residir em Portugal, bem como partilhar as minhas vivências, mostrando um pouco das diferenças culturais existentes.

Compartilhe esta página..
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Comente pelo Facebook

comentario(s)

Seguir Mari pelo Mundo:
As colaboradoras e as Friends Connection de Mari Pelo Mundo compartilham o olhar e as experiências, contribuindo com o planejamento de viagens de pessoas que adoram se jogar nesse mundo.