Mini-Guia/Guide Embu das Artes: São Paulo

postado em: Américas, Mini-Guias 0
Mini Guia Embu das Artes
Mini Guia Embu das Artes

 

De todas as cidades do mundo, eu adoro Embu das Artes. Um pouco (ou muito) de exagero, mas a verdade é que eu gosto muito e a minha família também. Por ser tão pertinho de São Paulo, conseguimos ir sempre que temos um tempo livre.

Não sei se a cidade é assim tão interessante para quem mora no nordeste ou cidades do interior, mas para quem vive o ano inteiro no movimento e no trânsito de São Paulo, ir para centrinho de Embu das Artes é como viajar para outro universo.

A cidade é tranquila, colorida, pequena, anda-se a pé e ouve-se música pelas ruas!  Há artistas por todos os lados, bancas de artesanato, lojas de móveis, galerias e restaurantes.  Além disso, há também monumentos históricos e museus.  Você pode passar uma tarde ou um final de semana, ou mesmo uma semana inteira em algum dos hotéis da redondeza.

Eu gosto de passar uma tarde, visitar um museu, passear pelas lojas, tomar um café com bolo e apreciar os artesanatos.  Há também todos os tipos de tapioca e outras comidas típicas.

 

O que ver

A história de Embu das Artes começou na aldeia do M’Boy – “cobra-grande” em tupi-guarani que foi fundada pelos jesuítas entre 1555 e 1559. Os padres fizeram a catequização dos índios guaranis e a construção da Igreja de Nossa Senhora do Rosário.

A vocação artística se consolidou com a chegada de artistas como: Cássio M’Boy, Assis do Embu, Mestres Sakai e Gama, Solano trindade, Ana Moysés, entre outros.

Esses artistas ajudaram a fundar em 1969, a feira de Embu das Artes, dando origem ao movimento artístico que permanece até os dias atuais.

Lojas e feiras de artesanato – aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 18h. Consulte o site para verificar qualquer mudança, obras, eventos musicais, etc.  http://embudasartes.tur.br/    Algumas lojas fecham às segundas-feiras.

Museu de Arte Sacra e Igreja Nossa Senhora do Rosário – Adoro este museu. Recomendo levar as crianças. É pequeno e está bem conservado. Transmite uma calma e tranquilidade incrível.  O preço é muito em conta, dá para visita-lo todas as vezes que for para Embu. Há obras do século 18 e 19 no acervo.

Museu do Índio – Está em novo endereço.  Também recomendo muito levar as crianças.  Bem montado e com um bom acervo.  Deveria ser programa obrigatório.  Minha filha adorou e quer sempre voltar.

Capela São Lázaro – Construída em 1934  entre a Rua da Matriz e a  Rua Nossa Sra. do Rosário.

Centro Cultural Mestre Assis de Embu  – Possui três espaços – Josefina Azteca, Ana Moysés e Jaldo Jones que exibe obras de artistas locais – Largo 21 de Abril, 29

Memorial Sakai – Museu de conserva o trabalho de Tadakyo Sakai, esculturas em argila. Rua Rebolo Gonzales

Lago Francisco Rizzo – imensa área verde com playground –  Rua Alberto Giosa, 300

Fora do Centro: Cidade das Abelhas  Estrada da Ressaca, km 7 www.cidadedasabelhas.com.br/

 

 

 

SUPER DICA de como chegar:

 

Com um bom GPS você chega fácil.  Das mais de 30 vezes que fomos, acho que erramos o caminho umas 25.  Agora já sabemos qual é.  O problema é a falta de placas nas bifurcações. Estudando o trajeto com antecedência, não há o que errar.

 

De carro:  Se você vier de carro pela Rodovia Raposo Tavares, fique atento na entrada do Rodoanel a direita. A placa diz: Início do trecho oeste sob concessão da CCR RodoAnel   (quando você chegar na palavra RodoAnel já perdeu a entrada…)     Em seguida, há uma bifurcação, também sem placa.  Entre na pista a esquerda.  A partir daí, tudo fica mais fácil.  Quase chegando em Embu, há uma outra bifurcação, que agora colocaram uma plaquinha.. se não encontra-la, vire a direita.

 

De Taxi e tours privativos: Consulte a tarifa e combine o preço, pois há acréscimo de tarifa quando se sai de São Paulo

 

Ônibus: Há vários ônibus, muita gente mora em Embu e trabalha em São Paulo. Com um pouco de paciência, esta é uma opção. EMBU CENTRO, EMBU/ENGENHO VELHO e EMBU DAS ARTES.

 

Onde comer

Empório São Pedro fica na  Viela das Lavadeiras, 28/75   O Restaurante mais charmoso e a Viela mais linda de Embu.

O Garimpo restaurante mais conhecido de Embu, com musica ao vivo nos finais de semana.   Rua da Matriz, 136

Restaurante Bar Buenos Aires  chef Hugo Ibarzabal e  Laurane Cerullo Rua da Matriz, 62

Tutu’s Restaurante  Largo 21 de Abril, 260, Tel. 55 11 4781-0655.

 

Onde Ficar

Almenat Extensão Corporativa – Hotel utilizado principalmente para congressos e treinamentos.

Clube Ziu Enomoto

Hotel Espaço Terra  (exclusivo para associados)

Hotel Rancho Silvestre

Pousada O Garimpo

Pousada das Artes

Pousada N. Sra. Aparecida

Compartilhe esta página..
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Comente pelo Facebook

comentario(s)

Seguir Mari Christine:

Editora

Sou formada em Comunicação e Turismo. Adoro viajar pelo mundo ou através de filmes e livros. Não tenho problema de ir ao mesmo lugar milhões de vezes ou de não sair do hotel. Adoro planejar a próxima viagem!