Como posso requerer a Cidadania Italiana ?

Atualização do post em 22/07/2016

Não deixa de ser um assunto comum já que estamos em um país de imigrantes.  Aqui em casa todos tem dupla cidadania e por isso, muita gente nos pergunta como funciona.  Na verdade, fizemos tudo por conta própria.  Foi trabalhoso, demorado, cansativo e caro.   Eu digo caro porque o número de vezes que tivemos que ir ao consulado, as manhãs e tardes que perdemos nas filas, os nervosos que passamos…  saiu caro.

Para fazer a Cidadania Italiana (ou a Dupla Cidadania), as vezes é mais complicado ainda por causa da grafia do nome, alguma pequena alteração feita de uma geração para a outra ou mesmo um erro no momento do registro tornam o processo ainda mais lento.

Passaporte Italiano
Passaporte Italiano

Quem pode nos ajudar?

Nesta nossa última viagem a Milão, por acaso, conhecemos alguém que presta esse serviço!  Então seguem as dicas para quem está pensando em colocar os documentos em ordem.

Falamos com a advogada especializada nesse assunto para sabermos mais detalhes.  Ela atua em um escritório no Brasil, mas mora em Milão. Desta forma consegue atender os clientes que decidem fazer a viagem e regularizar a documentação diretamente na Itália.

Ir até a Itália?  Veja o que ela nos explicou:   O requerente precisa ir até a Itália para dar entrada no processo. Nós acompanhamos a pessoa durante todo o procedimento. Se optar por fazer através do Consulado Italiano, também podemos auxiliar, mas nesse caso o tempo estimado de espera é de no mínimo 7 anos.

Então, dependendo da sua urgência, pode fazer isso sem sair do Brasil ou pode ir até a Itália.

Quem pode requerer a cidadania italiana?

  • É bom consultar o site ou a advogada, pois esta lista pode ser alterada ou atualizada.  Ela é apenas um exemplo do que é necessário hoje na data do post!

Atualmente qualquer descendente de italiano que imigrou para o Brasil, independente do grau de descendência, pode pleitear o requerimento da cidadania italiana. Documentos necessários: Certidões atuais e em inteiro teor, de nascimento, casamento e óbito a partir do requerente até o italiano que deu origem à família + Certidão Negativa de Naturalização do Italiano.

O processo pela via administrativa se conclui em um prazo de 40 a 90 dias úteis, salvo exceções. Descendentes de filhos de mulheres italianas, nascidos antes de 1948 também tem direito, porém, pela via judicial. Nesse caso o processo tem duração estimada de 2 anos.

Depoimento de um cliente

Antes de fazer o post conversei com o Sr. Maurício, um dos clientes. O Sr. Mauricio gentilmente nos contou como foi o processo e o que ele achou do serviço do escritório de advocacia e, em particular, da Advogada Vannessa.

Primeiro ele fez mil elogios a advogada e recomendou muito o serviço para todos os interessados. Ficou sabendo do escritório através de uma parente que já havia feito o processo da cidadania com eles há cerca de um ano e meio atrás.

A Dra Vannessa o auxiliou no levantamento de toda a documentação no Brasil e na Itália.  Preparou tudo e deu entrada no processo.  Quando estava tudo confirmado na Itália, o Sr. Maurício agendou a viagem e foi para Milão.  O tempo de estadia na Itália foi curto, no sentido de que não houve necessidade de ficar muito tempo por lá, porém foi muito agradável, pois acabou tendo uma oportunidade de descansar e aproveitar a viagem.

Além de fazer toda a parte burocrática, a Dra também indicou locais para hospedagem, passeios, etc.  O Sr. Maurício ficou hospedado em um apartamento indicado por ela e ficou muito satisfeito.

Sobre o escritório

Além da assistência durante o processo na Itália, também auxiliam durante a obtenção e preparação de documentos na Itália e no Brasil. Inclusive no caso de necessidade de retificação judicial ou extra-judicial de documentos no Brasil. E ainda, na preparação do processo de cidadania por casamento, vistos, e passaportes para a Itália

Toda a equipe é formada por advogados ou para-legais com escritório em Curitiba/PR com colaboradores em SP, RJ, MG, DF e Roma e, em breve SC e RS, além do posto de atendimento em Milão. Sempre com atendimento com hora marcada. Atendem com hora marcada, através de SKYPE e realizam a análise prévia e gratuita dos documentos apresentados pelo requerente.

Contato

O objetivo aqui não é fazer propaganda, mas dar dicas e auxiliar quem está precisando.   Se você quiser saber os detalhes da firma de advocacia e o contato da advogada nos avise maripelomundo@gmail.com que passamos por e-mail.  Inclusive o Sr. Maurício se dispôs a contar mais detalhes sobre a viagem dele para quem já estiver com o serviço contratado.

Atualização em 22/07/2016

EXCELENTE NOTÍCIA!  Em nota oficial publicada no dia 20.07.2016, o Consulado Italiano de São Paulo informou que, a partir de 14.08.2016, não será mais necessário legalizar os documentos para terem validade na Itália.
Com o novo procedimento, devem acabar os meses de espera para obter uma vaga para legalização junto ao consulado, e a preparação dos documentos ficará mais simples, rápida e prática, bastando apresentar os documentos brasileiros EM INTEIRO TEOR E COM FIRMA RECONHECIDA, traduzidos por tradutor juramentado, à um dos cartórios habilitados (a princípio somente os cartórios das Capitais realizarão o apostilamento)., para então dar entrada no pedido.

Outros posts

Planejando a viagem para Itália?

http://www.maripelomundo.com.br/roteiro-personalizado-para-a-italia/

http://www.maripelomundo.com.br/voce-quer-dirigir-uma-ferrari-na-italia/

 

Curso de Gastronomia na Europa

http://www.maripelomundo.com.br/curso-de-gastronomia-em-portugal-cooking-in-portugal/

Comente pelo Facebook

comentario(s)

Seguir Mari Christine:

Sou formada em Comunicação e Turismo. Adoro viajar pelo mundo ou através de filmes e livros. Não tenho problema de ir ao mesmo lugar milhões de vezes ou de não sair do hotel. Adoro planejar a próxima viagem!