CityPASS em Nova York – Porque vale a pena

A primeira vez que usei um CityPASS não foi em Nova York, mas a experiência foi excelente. Por isso dessa vez resolvemos apostar no CityPASS de Nova York e avaliar se vale a pena. Minha opinião? Sim, vale! 

A CityPASS é uma empresa americana que vende tickets que incluem um pacote de atrações turísticas com desconto em várias cidades dos Estados Unidos. E provavelmente o mais conhecido é o City Pass de Nova York.

O que o CityPASS oferece

O CityPASS de Nova York é um caderninho com os vouchers – que hoje em dia também pode ser impresso em casa ou utilizado no celular – que oferece 9 atrações na cidade de Nova York, das quais você poderá visitar até 6 num período de 9 dias.

As atrações do CityPASS

  • Empire State Building
  • Museu Americano de História Natural
  • The Metropolitan Museum of Art
  • Observatório Top of the Rock OU Museu Guggenheim
  • Estátua da Liberdade e Ilha Ellis OU Cruzeiros da Circle Line
  • Memorial & Museu do 11 de setembro OU Museu Intrépido do Mar, Ar & Espaço

As vantagens do CityPASS 

Economia: comprando o CityPASS que custa U$ 126.00 por pessoa, você economiza até 42% considerando o valor do ingresso para uma escolha de 6 atrações.

Skip the Line: uma das grandes vantagens do City Pass é poder escapar das filas das principais atrações, principalmente na alta temporada.

A utilização de um ingresso com entrada mais rápida é bastante comum em muitos lugares nos Estados Unidos, e geralmente o “fast pass” ou “skip the line” tem um custo maior. Utilizando o CityPASS você já tem o “skip the line” incluído para todas as atrações que disponibilizam essa opção.

 

Nossa experiência nas atrações

Comprei o CityPASS antes de viajar, e optei por receber por e-mail e imprimir em casa. Funcionou super bem. Das nove atrações que o CityPASS tem disponíveis, 3 são únicas. As outras 3 você vai escolher entre 6 opções. Por exemplo: visitar o Guggenheim ou o Observatório do Top of the Rock. 

Para consultar os valores em reais e comprar sem IOF e taxas de cartão, clique no nosso link e planeje sua viagem!

Top of the Rock

Começamos usando o CityPASS para o observatório do Top of the Rock. Situado no complexo do Rockefeller Center, o observatório fica no 70ºandar do edifício que já esteve entre os maiores arranha-céus da cidade. E permite uma vista em 360 graus de Nova York.

Perfeito para admirar um outro ponto turístico e famoso: o Empire State Building!

Antes de subir ao 70ºandar, uma exposição de fotos conta um pouco da história do lugar e de sua construção na década de 1930.

No topo a belíssima vista da cidade.

A dica para evitar filas maiores no Top of the Rock é dar preferência para a parte da manhã. O ingresso é comprado com hora marcada, o que facilita. Nós fomos pela manhã e conseguimos disponibilidade imediata para subir.

O CityPASS pode ser usado diretamente impresso – se tiver o código de barras, ou no celular. Ele deve ser apresentado no e-kiosk para reservar o próximo horário disponível.

Empire State

O Empire State Building talvez seja o maior ícone de Nova York. Construído nos anos 1930, ele foi o mais alto edifício da cidade por 40 anos.

Essa foi a terceira vez que subi ao 102ºandar desse icônico edifício, e sinceramente por mais turístico que seja, não me canso de apreciar a vista que ele proporciona da cidade.

Afinal estamos em Nova York, cidade que é feita por seus monumentos, pontos turísticos, ícones da arquitetura, das artes, da cultura pop e por seus arranha-céus.

Nova York (Foto: WePalnn | CC BY-SA 2.0)

Utilizar o CityPASS para o Empire State Building é sem duvida a melhor forma de aproveitar o passeio, pois aqui o “skip the line” certamente vai fazer uma enorme diferença.

Dica: se você está viajando com o voucher que precisa ser trocado na bilheteria, definidamente não faça isso no Empire State.

Museu de História Natural

Um acervo da riqueza e da história do mundo impressionante. O Museu de História Natural em Nova York é um dos maiores no mundo e recomendo muito para quem está viajando com crianças.

O CityPASS pode ser usado diretamente para entrar no museu quando você já tiver o livrinho, a versão no celular ou o ingresso impresso por e-mail.

The Metropolitan Museum of Art

Arte, cultura, história, grandes nomes de artistas incríveis. obras que fazem parte da riqueza da humanidade. O MET é um museu absolutamente impressionante. Pintura, escultura, fotografia, arquitetura. Um dia inteiro por aqui ainda é pouco.

Para entrar no museu com o CityPASS passe num dos totens de autoatendimento para leitura do código de barras e emissão da etiqueta para entrada. É bem fácil e sem filas.

A fila por aqui acontece principalmente para o guarda volumes no inverno. Vistamos o MET num dia muito frio em março e com neve. Dia perfeito para um museu, já que era impossível ficar do lado de fora!

Mas por mais lotado que estivesse no saguão de entrada, a visita foi tranquila. O museu é enorme e com muitas opções.

Estátua da Liberdade e Ellis Island

Na primeira vez que fiz o passeio a Estátua da Liberdade achei interessante, mas nada de extraordinário. Porém decidi repetir esse ano pois meu marido nunca tinha ido.

 

Nova York Pass (Foto: WePlann | CC BY-SA 2.0)

Duas coisas que fiz diferente dessa vez: agendei para subir a escadaria até a coroa e fiz a visita ao Museu da Imigração na Ellis Island.

Subir até a coroa é para quem curte uma escada apertada em caracol com muitos e muitos degraus! Fiz para matar a curiosidade! Mas não é algo imperdível. O pedestal da estátua onde fica a exposição da história e construção do monumento é a parte mais interessante da visita.

Agora, o Museu da Imigração é uma parada que vale muito a pena. Mais uma aula de história que vivenciamos. A ilha foi a porta de entrada de milhões de imigrantes em busca do sonho de uma vida melhor na América.

Os prédios foram recuperados e o acervo do museu conta com algumas atividades interativas e local de pesquisa. Para quem está com as crianças têm uma sala que conta um pouco da história da imigração com painéis e desenhos feitos para os pequenos.

O CityPASS na visita à Estátua da Liberdade eu diria que é essencial para poder usar o skip de line. Sim as filas são enormes por causa da segurança. É preciso passar pelo raio X, tirando casacos, eletrônicos e metais dos bolsos. Bem parecido com a segurança dos aeroportos. Por isso, mesmo com CityPASS esteja preparado para a fila.

No dia da nossa visita, sem o CityPASS, a fila teria sido de umas 2 horas.  

Museu Intrépido do Mar, Ar e Espaço

Um museu feito dentro de um enorme porta aviões, e a oportunidade de conhecer um submarino de guerra.

A escolha dessa atração foi do meu marido. Eu fui para acompanhar. Grata surpresa. O Museu não é somente uma exposição de aviões da aeronáutica e navios da marinha de guerra. Mas é também um museu de história, de física e de cultura pop. Isso mesmo. Quer aprender como funciona o lançamento de um foguete ao espaço? Então participe de uma das aulas interativas que acontecem ali. As crianças adoram.

 

E ainda tem toda a história que mistura ficção e realidade na conquista do espaço. No Intrepid está a aeronave Enterprise. O nome do ônibus espacial que deu início ao programa da NASA é uma homenagem a séries de ficção científica de sucesso da década de 60. “Jornada nas Estrelas” é um clássico da TV que faz parte da cultura pop americana. As fotos do elenco da série e da equipe da NASA lado a lado estão no museu, contando essa história. A série ainda hoje faz sucesso com vários “spin offs” na TV e também no cinema. “Vida e longa e próspera”!

Memorial 9/11

O Memorial 9/11 merece ser visitado.

Foi uma experiência de sentimentos conflitantes. Afinal eu conheci as Torres Gêmeas antes de setembro de 2001. Eu também estive por ali quando ainda era um grande canteiro de obras em 2003 e em 2008.

Dessa vez me surpreendi com uma paisagem muito diferente. A reconstrução do local do atentado é impressionante, e ainda terá mais novidades. As piscinas em homenagem às vítimas e a visita ao museu trazem o sentimento da guerra tão próxima, da guerra no nosso tempo, no meu tempo. E emociona.

O Museu foi feito no subsolo das torres. Partes da estrutura que erguiam os dois edifícios mais altos da ilha e que faziam parte da silhueta da cidade estão ali ainda contando a história do antes e depois.

A homenagem às vítimas é bem bonita, feita para comover, e também para mostrar esperança. Uma escadaria por onde sobreviventes escaparam faz parte da exposição

Não enfrentamos fila aqui, com o CityPASS é bem tranquilo entrar. Como nas outras atrações se você tem o ingresso como livrinho, impresso do e-mail ou no celular pode entrar direto. Aqui também você pode usar o skip the line.

Circle Line Cruise

Um passeio de barco pelo Rio Hudson que permite aquela vista tão clássica da silhueta dos arranha-céus de Manhattan.

Se você não que ir a ilha da Estátua da Liberdade e Museu da Imigração, o passeio de barco é uma ótima opção, pois circula a ilha onde você pode ver a Estátua bem próxima.

Museu Guggenheim

O prédio que abriga o museu Guggenheim é por si só uma grande obra de arte e mais um dos ícones de Nova York. Junte-se a isso uma das maiores coleções de arte moderna e contemporânea do mundo. Impossível não gostar da visita.

O CityPASS também dá direito a entrada sem filas, o que é ótimo principalmente na alta temporada.

 

Como e onde comprar

O CityPASS pode ser comprado diretamente em qualquer uma das atrações, no balcão de ingressos. Basta solicitar a opção de CityPASS ao invés do ingresso regular.

Porém se você está planejando sua viagem, e já sabe que vai visitar pelo menos 3 das atrações nossa sugestão é adquirir antecipadamente, pois pode comprar em reais, sem IOF.

A compra pode ser feita por aqui, através da nossa parceria com a We Plann.

 

Vantagens de comprar no Brasil:

Compra em reais com pagamento em até 12 vezes

– Pagamento pode ser feito com cartão de crédito ou boleto bancário

– Livre de incidência de 6,38% de IOF (imposto nas transações financeira com cartão de crédito em moeda estrangeira)

 

E ainda é possível pagar em dólar se você preferir. A reserva do seu CityPASS pode ser feita pelo nosso link, e a retirada e pagamento num dos mais de 200 pontos que We Plann tem em parceria na cidade – lojas da CVS Pharmacy e 7-Eleven.

 

Troca e utilização

Comprando através do nosso link você terá o voucher para o seu CityPASS que poderá ser trocado pelo livreto dos ingressos na primeira atração que você visitar.

Depois da primeira visita é que começa a contar os 9 dias que você terá para visitar as outras 5 atrações escolhidas. Simples e completo!

Dúvidas e solicitações entre em contato conosco.

 


Quer saber mais e receber novidades e promoções?






Gostou das informações que juntamos para você? Nosso post foi útil para seu planejamento de viagem?

Então deixe o seu like ou um comentário, a gente gosta muita da interação com o leitor! Sua opinião é muito importante para nós e nos ajuda a melhorar ainda mais o nosso conteúdo!

Acompanhe nossas viagens pelo Instagram @maripelomundo.blog e na nossa página do Facebook Mari Pelo Mundo.

E se você está planejando sua viagem confira nessa página os links dos nossos parceiros e páginas para reservar seus hotéis, alugar carro, pedir seu chip de internet, fazer o seguro de viagem e comprar passagens aéreas. Para roteiros personalizados que detalham dia a dia sua viagem com sugestões dos melhores pontos a serem visitados nos consulte pelo e-mail: contato@maripelomundo.com.br

Cada vez que você contrata um serviço usando os nossos links está ajudando a manter nosso blog. Procuramos sempre trazer novos destinos e experiências vividas por nós que poderão contribuir para que a sua viagem seja ainda melhor.

Comente pelo Facebook

comentario(s)

Seguir Andrea:
Sou publicitária e amo viajar. Um grande objetivo: conhecer ao menos um lugar novo a cada ano. Trago aqui dicas e experiências que tive com essas viagens ao longo do tempo. Alguns lugares agora até se repetem, mas com a diferença de viajar na companhia do filhote pequeno.