Livros e Viagens: Carlota Joaquina estava certa: Palácio de Queluz “o Versalhes português”

Se você for a Portugal e simplesmente incluir este passeio no seu roteiro, não terá tanta graça caso não saiba com antecedência a história desse palácio, mas não qualquer história!

Este blog fala de tudo o que nos inspira viajar e livros inspiram muito. Javier Moro vai aparecer mais vezes aqui no blog porque é um dos meus escritores favoritos.  Ele contou a história da vida de Dom Pedro, à sua maneira, no livro O império é você. As tantas, ele conta também o amor de Carlota Joaquina por este palácio e o quanto ela infernizou a vida de seu marido para deixar o Brasil e retornar ao seu querido Versalhes Português.

 

Palácio Nacional de Queluz
Palácio Nacional de Queluz
Foto: Mari

O quanto da história é verdadeira eu não sei, mas foi por causa dela que fiquei com muita vontade de conhecer o palácio (e de ir novamente ao Porto visitar a Igreja da Lapa, Lisboa, Rio de Janeiro , etc…)

Livro

O livro conta a vida de Dom Pedro, desde seu nascimento, passando pela infância, vida em família, loucuras de adolescência, amores pelas mulheres e filhos e também, amor pelo Brasil.  Como Moro cria diálogos, a leitura é muito agradável. Tudo o que não prestamos atenção na escola passa a ser objeto de grande interesse.   O romance de Dom Pedro com Domitila também é um capítulo muito interessante na história da vida de Dom Pedro.

Voltando ao Palácio de Queluz, fiquei muito curiosa em saber o porquê de tanto amor de Carlota Joaquina por este palácio. Ela conhecia muitos outros, possuía outros, mas era deste que ela gostava.

 

Palácio Nacional de Queluz
Palácio Nacional de Queluz
Foto: Mari

Aqui você lê a história do Palácio mas em resumo: O Palácio Nacional de Queluz, construído pelo  arquiteto Mateus Vicente de Oliveira é do Século XVIII, ficam na cidade de Queluz, Sintra, Portugal. Em estilo rococó foi construído como um recanto de verão para D. Pedro de Bragança, marido e rei consorte da rainha D. Maria I de Portugal. Tornou-se a residência oficial do príncipe regente português, o futuro D. João VI, e de sua família. Permaneceu assim até a fuga da família real para o Brasil em 1807.

Carlota Joaquina conseguiu voltar a este palácio no regresso da família real à Portugal.  Foi em um dos quartos que Carlota Joaquina havia dado a luz a D. Pedro I e foi neste mesmo quarto que ele faleceu.

Palácio Nacional de Queluz
Palácio Nacional de Queluz – Um dos quartos do Palácio
Foto: Mari
Palácio Nacional de Queluz
Palácio Nacional de Queluz
Foto: Mari

Poderia estar mais conservado, poderia ser melhor sinalizado, tudo poderia ser melhor, mas Portugal está se recuperando de uma crise e reformar um palácio deve custar alguns milhões de euros.    Mesmo assim, o passeio vale a pena.  Ele faz parte da nossa história.  É um passeio para levar as crianças.

Palácio Nacional de Queluz
Palácio Nacional de Queluz
Foto: Mari

Em 2001 reabriu ao público a Sala de Música e são feitos muitos concertos abertos e fechados e também alugam para festas. O salão é lindo! E festa em palácio é sempre um conto de fadas.

Há também apresentações da arte equestre e passeios a cavalo e há uma parte com Falcões e uma área especial para apresentação e eventos com eles.  Levei um grande susto ao ver os Falcões ao lado das mesinhas do café..  mas ficam presos.

Palácio Nacional de Queluz
Palácio Nacional de Queluz – Falcões
Foto: Mari

Os jardins são lindos! Bem cuidados.  E, se o dia estiver bonito, aproveite!

Palácio Nacional de Queluz
Palácio Nacional de Queluz
Foto: Mari
Palácio Nacional de Queluz
Palácio Nacional de Queluz
Foto: Mari
Palácio Nacional de Queluz
Palácio Nacional de Queluz – Caixa de Música
Foto: Mari

Interior do Palácio Nacional de Queluz

Palácio Nacional de Queluz
Palácio Nacional de Queluz
Foto: Mari

No rio Jamor atravessa os jardins do palácio, onde foi construído o Canal dos Azulejos. Lindo!  Segundo contam, quando as comportas do canal eram fechadas era possível passear de barco.  As paredes azulejadas tem temas de portos e palácios.

Corredor das Mangas com revestimento azulejo policromo.

Palácio Nacional de Queluz
Palácio Nacional de Queluz
Foto: Mari

 

Foi classificado como Monumento Nacional em 1910.

Site oficial do Palácio http://www.parquesdesintra.pt/parques-jardins-e-monumentos/palacio-nacional-e-jardins-de-queluz/

 

Como chegar

Lisboa > Queluz

De automóvel

  • IC19: Lisboa-Sintra, saída Queluz-Palácio

De trem (CP) Estações de origem:

  • Estação de Oriente
  • Estação do Rossio
  • Estação de Entrecampos

– Linha de Sintra (desça na Estação Queluz-Belas ou Monte Abrão e caminhe 1 km em direção ao Palácio) é descida (e todo santo ajuda).  Na volta, tome um cafezinho, um lanchinho e volte pelo mesmo caminho até a estação. Não tem muito erro e todos os moradores ou comerciantes podem ajuda-lo a achar o caminho, é uma reta.

Estação do Rossio
Em frente a Estação do Rossio
Foto: Mari
Estação do Rossio
Estação do Rossio
Foto: Mari
Estação do Rossio
Estação do Rossio
Foto: Mari

 

Sobre o livro

O Império É Você
Moro, Javier
Título Original: El imperio eres tu
Tradutor: Clene Salles
ANO 2012
I.S.B.N.9788576658047

Compre Livros e Filmes - links seguros e ofertas

📖Livros pela Livraria Cultura
📚Livros pela Amazon
📱Kindle pela Amazon
📕Livros pelas Americanas.com
📓Livros pela Submarino.com

Para reservas e indicações nos envie mensagem para o e-mail [email protected] ou WhatsApp

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO

🏨BOOKING.COM Veja melhores tarifas
🏨Hoteis.com
🏠Escolha um AirBnB
📱CHIP INTERNET ILIMITADA em 240 países
🚘ALUGUEL CARRO - cotação com várias empresas
🚌Compre sua passagem de ÔNIBUS
✈️ PASSAGENS aéreas em promoção
🎡Ingressos, tickets, passeios e transfer - cupom: MARIUNIVERSAL.
🚑SEGURO VIAGEM - cotação com várias empresas.
🎫PASSEIOS E EXCURSÕES Get Your Guide
🎟️INGRESSOS PARA JOGOS, SHOWS E TEATRO - EUA

Compartilhe esta página..
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Comente pelo Facebook

comentario(s)

Seguir Mari Christine:

Editora

Sou formada em Comunicação e Turismo. Adoro viajar pelo mundo ou através de filmes e livros. Não tenho problema de ir ao mesmo lugar milhões de vezes ou de não sair do hotel. Adoro planejar a próxima viagem!