Beatles: The Cavern Club Liverpool

Em 2016 fomos conhecer a cidade de Liverpool . Foi um pedido do meu filho, que é fã dos Beatles (desde os 4 anos de idade!). Ponto de parada obrigatório o famoso The Cavern Club é o lugar onde os Beatles foram descobertos.

Nosso roteiro foi feito pensando nos locais mais importantes da história dos Beatles. E sem dúvida o The Cavern tem um lugar de destaque especial nessa trajetória.

O Cavern Club fica na região central de Liverpool, numa rua estreita de calçadão. Hoje o local é bastante diferente do que era em 1960. A Mathew Street era uma rua repleta de armazéns. O The Cavern foi aberto como um clube de jazz no porão de um desses armazéns em janeiro de 1957.

Um pouco da história do The Cavern

O jazz era bastante popular no final da década de 1950, porém um novo estilo de música estava ganhando espaço entre a juventude na Grã-Bretanha. Especialmente em Liverpool. O Skiffle é um estilo de música folclórico com influência do rock ‘n’roll e tocado com instrumentos rudimentares. Uma oportunidade para centenas de bandas de adolescentes se formarem e criarem sua música. Incluindo a primeira banda de John Lennon, The Quarry Men.

Nesse cenário o The Cavern foi dando espaço ao novo ritmo. E assim a primeira “beat night” em maio de 1960 foi liderada por uma banda bastante popular em Liverpool. Era a banda da qual Ringo Starr era o baterista.

São inúmeras histórias dos Beatles e seus integrantes no The Cavern. O lugar tem um astral todo especial. Não é à toa que é considerado o berço da música pop britânica. E é a casa de show que mais recebeu grandes artistas desde 1957.

Os Beatles no The Cavern

Os Beatles se tornaram a principal banda a tocar no The Cavern naquela época e foi ali que eles foram descobertos por Brian Epstein (produtor da banda) em novembro de 1961. Juntamente com a cidade de Hamburg na Alemanha, o The Cavern é o lugar onde a identidade musical dos Beatles se formou.

Estar ali sabendo um pouco sobre essa história passa uma energia eletrizante para fãs dos Beatles e da boa música. Fico imaginando como seria ter presenciado um show dos Beatles ali, no início. Dizem que a banda nunca tocou tão bem quanto quando se apresentava nos shows no The Cavern. O espaço da casa é pequeno, muito diferente dos estádios onde grandes músicos se apresentam hoje para milhares de pessoas. Eram shows mais intimistas, particulares, para amigos, para poucos.

Os quatro integrantes da banda fizeram suas estréias no The Cavern, embora não como um conjunto. Ringo Starr foi o primeiro a tocar no palco do The Cavern. Ele se apresentou ali com a banda Rory Storm and the Hurricanes e também como baterista da banda de skiffle de Eddie Clayton. John Lennon se apresentou pela primeira vez no The Cavern com sua banda de skiffle The Quarry Men. Paul McCartney também teve sua estreia na banda de John Lennon.

George Harrison se juntou aos dois somente em 1961. Já como Beatles fizeram sua primeira apresentação no local. Ringo se juntou para formar o quarteto mais famoso da música pop em 1962. Eles tocaram no The Cavern no dia 18 de agosto daquele ano.

Com o sucesso da banda crescendo exponencialmente, em agosto de 1963 os Beatles fizeram sua última apresentação no The Cavern. Foram 292 vezes tocando no palco da casa de shows.

Fechamento e reconstrução

Mesmo com toda essa fama e história, em 1973 a casa de show foi fechada, por causa de obras da British Railways. O antigo armazém foi demolido, e o The Cavern virou um deposito de pedregulho.

Quando li essa parte da história do clube fiquei imaginando a frustação naquela época, de músicos e fãs. E fiquei feliz por somente ter ido a Liverpool depois da reconstrução.

E talvez para sorte de todos os dutos que deveriam ter sido construídos ali nunca saíram do projeto, e o The Cavern ficou “enterrado” até 1982.

A morte de John Lennon, e o sentimento de todos de que “o sonho” realmente havia acabado despertou na cidade uma nostalgia em relação a herança dos Beatles. Assim o The Cavern foi restaurado. Em 1984, o espaço original foi recuperado com uma réplica exata do antigo clube. Inclusive os tijolos do porão original foram usados nessa reconstrução.

Esse é o local onde hoje centenas de pessoas, visitam e sentem a atmosfera e a nostalgia de um período de tanto destaque na música pop.

A música é a alma do lugar, e músicos do mundo todo se apresentam no palco que já lançou tantos nomes importantes da música. Inclusive depois de sua reabertura, shows memoráveis aconteceram ali. Tocar no palco do The Caverna é um marco na carreira de qualquer músico, e com certeza uma experiência inesquecível. Mesmo para quem não toca lá grande coisa, dá uma vontade enorme de subir no palco e arriscar uma música.

Ficamos ali algumas horas, e de tarde o ambiente é bem familiar. Crianças e adultos dividem o espaço e escutam boa música.

De volta ao The Cavern

Em 14 de dezembro de 1999, o palco do The Cavern recebeu para um show memorável Paul McCartney, que tocou ali com a casa cheia de fãs. O show foi televisionado para diversos lugares e gravado em DVD. Deve ter sido um grande privilégio estar lá tão pertinho de Sir Paul, tocando no palco onde tudo começou.

O palco é uma cópia fiel do palco original. O clube está aberto todos os dias com música ao vivo todas as tardes e todas as noites.

Uma experiência realmente memorável!

 

Mathew Street e o Cavern Quarter

A rua do The Cavern é hoje um espaço para celebrar os Beatles. Na esquina do quarteirão onde está o clube foi aberto em fevereiro de 2008 o hotel Hard Day’s Night. Hotel boutique todo decorado com a temática Beatles.

A Mathew Street também é o endereço do Cavern Pub. Aqui uma parede inaugurada em 1997 chamada de Wall of Fame, tem o nome das mais de 1800 bandas e artistas que tocaram no The Cavern desde sua abertura. Encostada no Wall of Fame está a estátua de John Lennon.

Dentro do pub fotografias e objetos de show antigos do The Cavern decoram as paredes do bar.

Para quem quer saber mais sobre o Beatles e a história do Rock, conheça também esse tour da WePlann em Londres que te leva de volta aos anos 1960. O tour pode ser reservado em R$, sem IOF, e com parcelas de 6x sem juros ou 12x no cartão. Clique no link e confira.


Fonte: as informações sobre a história do The Cavern estão no folheto desenvolvido pelo Magical Mystery Tour. O folheto traz maiores detalhes sobre o passeio completo, uma breve história sobre os locais e integrantes da banda e está disponível na bilheteria e na loja do tour.


Gostou das informações que juntamos para você?

Nosso post foi útil para seu planejamento de viagem? Então deixe o seu like ou um comentário, a gente gosta muita da interação com o leitor! Sua opinião é muito importante para nós e nos ajuda a melhorar ainda mais o nosso conteúdo!

Acompanhe nossas viagens pelo Instagram @maripelomundo.blog e na nossa página do Facebook Mari Pelo Mundo.

E se você está planejando sua viagem confira nessa página os links dos nossos parceiros e páginas para reservar seus hotéis, alugar carro, pedir seu chip de internet, fazer o seguro de viagem e comprar passagens aéreas e promoções. Para roteiros personalizados que detalham dia a dia sua viagem com sugestões dos melhores pontos a serem visitados nos consulte pelo e-mail: [email protected]

Cada vez que você contrata um serviço usando os nossos links está ajudando a manter nosso blog que procura sempre trazer novos destinos e contar experiências vividas por nós que poderão contribuir para que a sua viagem seja ainda melhor.

Compartilhe esta página..
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Comente pelo Facebook

comentario(s)

Seguir Andrea:
Sou publicitária e amo viajar. Um grande objetivo: conhecer ao menos um lugar novo a cada ano. Trago aqui dicas e experiências que tive com essas viagens ao longo do tempo. Alguns lugares agora até se repetem, mas com a diferença de viajar na companhia do filhote pequeno.
Últimos Posts de