3 Motivos para conhecer a Estátua Liberdade

postado em: Américas, Destinos, Dicas 0

A Estátua da Liberdade é um dos maiores e mais conhecidos símbolos da cidade de Nova York . E também da América.

Mas muita gente pergunta se vale a pena fazer o passeio até a ilha para conhecer Lady Liberty. Por isso estou partilhando aqui três simples motivos pelos quais acho que vale a pena. E porque eu fui duas vezes.

 

3 Motivos para conhecer a Estátua Liberdade

É um ícone. Não há duvida sobre isso. E conhecer uma cidade significa conhecer seus maiores ícones. Talvez esse seja um dos grandes motivos para fazer o passeio.

A vista que se tem no passeio de barco dos arranha-céus do sul da ilha de Manhattan é imperdível. Cenário de filme.

História. Se você gosta de história e quer aprender um pouco mais sobre a imigração que fez a América ser o que é hoje. Que inspirou e ainda inspira tantos filmes de sucesso. Então deve mesmo incluir o passeio no seu roteiro. Nada melhor para aprender história do que visitar os lugares onde ela aconteceu.

E vale a pena?

Dica pessoal: vale a pena. Afinal é a Estátua da Liberdade. No Rio de Janeiro todos querem ver o Cristo Redentor. Em Roma , todos querem ir ao Vaticano. Por isso Lady Liberty merece ser visitada.

E também por isso as filas e a procura pelo passeio são grandes! Uma dica ainda mais valiosa para quem decide ir: compre o ingresso com direito a fila rápida. Você não irá se arrepender.


Consulte aqui os ingressos


Como visitar

O acesso a Liberty Island onde está a Estátua da Liberdade é feito somente por barco, e a segurança para chegar a ilha é semelhante ao processo de segurança dos aeroportos. Por isso é bom saber as regras antes de ir.

As balsas para a visita saem de dois pontos: Battery Park em Manhattan ou Liberty State Park em Nova Jersey.

Os ingressos devem ser comprados com antecedência e marcam dia e horário para a visita. Clique aqui e confira para comprar em reais o seu ingresso.

Chegando em um dos dois pontos você deve se dirigir a fila para checagem de segurança. Confira no seu ingresso se você deve antes passar pela bilheteria do “will-call” para trocar seu voucher pelos ingressos.

O embarque é feito somente depois de passar pela segurança.

Segurança

Exatamente como nos aeroportos, a checagem de segurança é bem rígida. Tire moedas dos bolsos, cinto com fivela de metal, sapatos, casacos, chapéu (no inverno é uma verdadeira festa tirando e colocando casacos!).

Bolsas devem passar pelo raio X e todos devem passar pela segurança.

Muito importante: bolsas grandes, malas e mochilas de colocar nas costas não são permitidas. Sim, as chamadas backpacks não podem entrar no passeio para Liberty ou Ellis Island.

Também carrinho de bebês e grandes guarda-chuvas não são permitidos na visita aos monumentos. E nenhum dos dois pontos de embarque possui armários para guardar volumes. Portanto se você tem algum desses itens vai ficar para trás no passeio.

Além da segurança nos pontos de embarque, pode haver uma segunda vistoria na chegada a Liberty Island.

O tour

A primeira parada da balsa é na ilha da Estátua da Liberdade. E ela realmente impressiona. São 43 metros de altura, e considerando o pedestal a estátua chega a 93 metros. Isso equivale a um prédio de 30 andares.

Todos os ingressos para a Estátua da Liberdade incluem a visita ao pedestal e ao museu com a história da construção. Mas há também uma opção para subir até a coroa. Nós fomos e eu conto um pouquinho mais abaixo a experiência.

No Centro de Visitantes você pode escolher fazer um tour guiado pelo parque da ilha. Disponível em inglês, o tour conta a história da ilha e das pessoas responsáveis por sua transformação.

Mas toda a visita pode ser autoguiada. No mesmo Centro de Visitantes você pode retirar áudio-fones para o tour.

O museu que está no pedestal da estátua tem toda a história da sua construção e uma coleção de fotos com a montagem.

O tempo da visita você define. Mas o recomendado é planejar de 4 a 5 horas. Incluindo a visita a Ellis Island e o Museu da Imigração.

Subindo na Coroa

Eu já havia visitado a Estátua da Liberdade, numa das primeiras vezes que fui a Nova York. Por isso dessa vez quis fazer algo diferente e compramos o ticket para subir até a coroa.

Até a base da estátua, ou seja, na estrutura do pedestal, você pode optar por subir de escada ou de elevador. Porém até a coroa há somente uma opção: de escada. São 354 degraus ao todo. A escada que leva até a coroa é em forma de caracol.

Chegando no final, uma pequena sala onde você tem a vista para a cidade pelas “janelinhas” da coroa. Mas é o único lugar de onde pode-se ver a inscrição que está na tábua que Lady Liberty segura: July IV MDCCLXXVI (4 de julho de 1776 em algarismo romano).

A vista é linda e valeu a pena.

Mas as recomendações do site devem ser levadas em consideração seriamente. Por isso se você tem algum tipo de claustrofobia, vertigens, dificuldades para subir escada não deve se aventurar. E mais cuidado ainda no verão, pois fica mais abafado e quente.

É uma parte do passeio para quem curte esse tipo de programa. Meu marido não é o maior fã de subir escadarias. Mas me acompanhou com muito carinho!

Outras restrições para o ingresso da Coroa

Os ingressos para o acesso a coroa são limitados, e geralmente esgotam com meses se antecedência. Por isso se você quer fazer o passeio deve planejar e comprar no site oficial.

Os ingressos são nominais e intransferíveis.

Crianças devem ter mais de 1,20 metros de altura para poder subir.

Bolsas e acessórios devem ficar guardados nos armários que são alugados no centro de visitantes. Você pode subir apenas com máquina fotográfica ou celular. Não é permitido subir com comida ou bebidas.

Ellis Island e o Museu da Imigração

Depois de visitar a Estátua da Liberdade pegue novamente a balsa para desembarcar na Ellis Island e visitar o Museu da Imigração.

O local onde hoje está o Museu da Imigração foi o maior porto de entrada de imigrantes da América. Mais de 12 milhões de pessoas passaram pela ilha na esperança de construir uma vida melhor entre 1892 e 1924.

Um museu com a história das pessoas que passaram por aqui. Didático e interativo. Há um espaço para as crianças aprenderem um pouco sobre a história.

Diversos espaços como a sala de Imigração e os dormitórios foram reconstruídos para retratar o período em que o prédio serviu como porta de entrada para muitos imigrantes.

Uma visita muito rica em história. O tour aqui também é autoguiado. Reserve de 1 a 2 horas para conhecer o museu.

Um pouco da História de Lady Liberty

Oficialmente chamada de “Liberdade Iluminando o Mundo”, um dos maiores símbolos da liberdade e democracia na América foi um presente do povo francês para celebrar a amizade entre os dois países.

A Estátua foi projetada pelo escultor renasces Frédéric Auguste Bartholdi, que se inspirou no Colossos de Rhodes. E para projetar o interior metálico da estátua, o escultor contou com o trabalho do engenheiro Gustave Eiffel, o mesmo da Torre.

A obra foi feita em peças na França e embarcada para os Estados Unidos onde foi montada e inaugurada ao público em outubro de 1886.

Uma curiosidade: a estátua é verde porque é feita em cobre, que oxidou com o tempo.

Milhares e pessoas visitam a estátua todos os anos. E em 1984, foi declarada Patrimônio Mundial pelas Nações Unidas. Um grande trabalho de restauração foi feito para a comemoração dos 100 anos da obra em 1986.

Depois dos atentados de 11 de setembro de 2001 a estátua ficou fechada por 100 dias. A área do parque foi reaberta, mas a visitação para a estátua permaneceu fechada até 2004.

Outras formas de ver a Estátua da Liberdade

Se não quiser fazer o passeio completo descendo nas ilhas, há outras opções para ver Lady Liberty mais de perto.

Uma delas é o Cruzeiro pelo Rio Hudson – sem desembarcar, mas com uma excelente visão do monumento.

Uma forma ainda mais singular é o passeio de helicóptero que proporciona uma visão diferente e privilegiada da estátua.

 

Leia também: CityPASS New York, uma das melhores maneiras de conhecer os principais pontos turísticos de Nova York.

Leia também: Broadway para crianças, os melhores shows em cartaz.


Compre aqui o seu CityPASS


Quer saber mais e receber novidades e promoções?




Clicando nos links da página você ajuda a manter o blog, não paga mais por isso, tem a certeza de estar em um link seguro.

 

S H O P   T H E   T R I P

Clique nos itens e conheça os programas especiais dos nossos parceiros

Cooking in PortugalServiços de Brasileiros no exterior

S H O P   T H E   L O O K 

Clique nos itens e faça sua compra online


Fast Shop

Sestini

Amazon

 


PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO

🏨BOOKING.COM Veja melhores tarifas
🏨Hoteis.com
🏠Escolha um AirBnB
📱CHIP INTERNET ILIMITADA em 240 países
🚘ALUGUEL CARRO - cotação com várias empresas
🚌Compre sua passagem de ÔNIBUS
✈️ PASSAGENS aéreas em promoção
🎡Ingressos, tickets, passeios e transfer - cupom: MARIUNIVERSAL.
🚑SEGURO VIAGEM - cotação com várias empresas.
🎫PASSEIOS E EXCURSÕES Get Your Guide
🎟️INGRESSOS PARA JOGOS, SHOWS E TEATRO - EUA

 

Instagram @maripelomundo.blog    Facebook Mari Pelo Mundo

Dúvidas, solicitações e sugestões E-mail: [email protected]

Compartilhe esta página..
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Comente pelo Facebook

comentario(s)

Seguir Andrea:
Sou publicitária e amo viajar. Um grande objetivo: conhecer ao menos um lugar novo a cada ano. Trago aqui dicas e experiências que tive com essas viagens ao longo do tempo. Alguns lugares agora até se repetem, mas com a diferença de viajar na companhia do filhote pequeno.
Últimos Posts de